TUDO O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE OS GRAYS E NÃO TEVE CORAGEM DE PERGUNTAR - V

        Ao longo de centenas de anos em que os grays viveram no subterrâneo de seu planeta, eles deliberadamente automanipularam-se genotipicamente - e fenotipicamente - a fim de adaptar-se cada vez melhor ao meio ambiente natural do subterrâneo de Apex. Tornaram-se mais baixos, o que também favorecia à vida em cavernas. Tudo não passou de um modus operandi, um esforço pela autopreservação...


        Como eles haviam deixado de se reproduzirem sexualmente, seus órgãos sexuais atrofiaram-se; os processos digestivos, igualmente, cessaram; os grays não mais nutriam-se de substâncias sólidas, sofreram uma mutação a fim de absorverem nutrientes apenas através da pele. Seus olhos também passaram por processo mutacional, tendo as pupilas alargado-se exageradamente, de modo a poder absorver certas frequências luminosas além do espectro de luz visível. Tudo, com o fito de maximizar sua adaptação geral a um meio ambiente obumbroso. Portanto, todas essas mudanças significativas acabaram contribuindo também para a criação de diferentes ramos raciais em Apex, o que levaria os apexianos, ou grays, ou ainda greys, a subdividirem-se no subterrâneo do planeta...


        Durante todos os milênios que levaram para que estas transformações se completassem, os grays compreenderam que a maior causa de sua queda havia sido seu descontrole emocional, a egocracia reinante e comandante. Nascia, assim, um esforço monumental de toda uma raça, e suas derivações, para suprimir em seu ser a essência da desgraça. Entretanto, eles tinham consciência de que a diversidade cultural era uma realidade inexorável, todavia os diversos seguimentos raciais desenvolveram diferentes modus operandi, o que gerou uma série de estruturas neuroquímicas novas para cada novo estímulo individual de cada raça...

  
        Colocando de outra forma, as variadas sub-raças que se desenvolveram no subterrâneo de Apex, seguiram, no final das contas, um mesmo padrão racional; a maioria das quais adaptou-se biologicamente às mesmas estruturas genéticas num mesmo contexto histórico, entretanto elas seguiram uma equação diferente no que tange às suas orientações filosóficas...


        Cada raça possuía diferentes pontos de vista em relação ao seu próprio autoconhecimento. Aquela sub-raça conhecida comumente como Zeta-Retículi, desenvolveu sentimentos mais altruísticos, tornando-se mais benigna, ao passo que a sub-raça desenvolvida a partir de suas raízes na Constelação de Lira, optou por uma orientação mais voltada pela busca do poder como seu maior objetivo, por isso há tanta confusão na interpretação de quem é quem no jogo galáctico que esses povos têm praticado conosco, principalmente se levarmos em consideração a única fonte de informação direta que nós temos deles, através das abduções efetuadas aqui na Terra. Todas estas facções têm a mesma linhagem, entretanto são de orientações extremamente diferentes...
        CONTINUA...

Comentários

Postagens mais visitadas